quarta-feira, 27 de março de 2013

Atividades: Dicas para Introduzir o Pretérito Perfecto Compuesto de Indicativo


Olá colegas!

Vou começar a escrever um conjunto de artigos com dicas para introduzir os tempos do modo indicativo, já fizemos isso com o modo subjuntivo. Vou iniciar com os passados e o primeiro será o Pretérito Perfecto de Indicativo. Para lembrar da conjugação, dos usos, dos particípios irregulares recomendo acessar a Bomespanhol.

- Para introduzir este tempo entrego para os alunos o seguinte e-mail e peço para ler e prestar muita atenção nas palavras sublinhadas. Para baixar a imagem no tamanho original (grande) clique nela.



- Depois dos alunos ler, peço para eles se colocar no lugar da menina, é dizer, eles farão da garota e tem que ir me dizendo o que têm feito durante o dia. O objetivo é colocar na lousa os verbos na primeira pessoa do singular.

- O próximo passo é perguntar se essas ações estão em presente, passado ou futuro. A resposta deve ser passado. Nesse momento você apresenta o tempo, fala que é um passado perto do presente, que é composto, que pode ser acompanhado pelos marcadores temporais "hoy, esta mañana, esta tarde, esta noche, esta semana, este mes, este año, etc.", que se forma com o verbo "haber" conjugado em presente de indicativo mais um particípio e explica a formação dos particípios regulares.

- Já eles sabendo conjugar os verbos nesse tempo, peço para dizer o que a menina fez durante o dia. O objetivo é que passem os verbos da primeira pessoa do singular para a terceira do singular. Exemplo: Su día ha sido normal. Se ha levantado...

- Depois disso formo duplas para que eles conversar sobre o que têm feito durante o dia todo. Vou seguindo as conversas e se alguém errar vou corrigindo. O mais difícil deste tempo é que eles mudem na cabeça o  verbo "ter" dos tempos compostos do português pelo verbo "haber" nos tempos compostos do espanhol, é uma longa luta. Posteriormente uso esta música:


- É uma música muito rápida, mas tem muitos verbos neste tempo. Minha sugestão é tirar os verbos dela e colocá-los em cartões com um número, para quando eles escutem, coloquem o número do verbo. Em resumo, você entrega a letra da música com os espaços em branco junto com os verbos conjugados em cartões, não pode colocar os números nos verbos na mesma ordem que aparecem na música.

- Coloco a música três vezes e depois verificamos. Divido a lousa em três e peço para eles me dizer o infinitivo dos verbos e os vou colocando na coluna de verbos terminados em -ar, -er ou ir. O objetivo é perceber que há verbos irregulares. Nesse momento lhes apresento dez particípios irregulares que há que memorizar. Eu uso estes:


abrir - abierto
morir - muerto
cubrir - cubierto
poner - puesto
decir - dicho
romper - roto
escribir - escrito
volver - vuelto
hacer - hecho
ver - visto

- Primeiro os repetimos, depois faço o jogo da memória. O aluno A diz "abrir - abierto", o B diz "abrir - abierto, cubrir - cubierto" e assim sucessivamente. Depois com esses mesmos particípios levo cartões e divido o grupo em duas equipes, cada aluno vai pegando um verbo em infinitivo e fazendo uma frase com ele em Pretérito Perfecto.

- Para encerrar, se possível, uso este jogo.

- Por último entrego este questionário para eles conversar em dupla. Insista em que deem respostas compridas.

Questionário

1. ¿Has estado en algún país de Latinoamérica?

2. ¿Has trabajado como voluntario alguna vez?

3. ¿Has tenido algún accidente de tráfico?

4. ¿Has perdido alguna vez alguna cosa de valor?

5. ¿Has sido traicionado alguna vez por un amigo?

6. ¿Has comido paella?

7. ¿Has cantado alguna vez en público?

8. ¿Has visto alguna película argentina?

9. ¿Has hecho teatro alguna vez?

10. ¿Has tenido días de mucha mala suerte?

- O objetivo é que eles pratiquem diálogos como estes e fixem as estruturas em negrita.

Diálogo A

A: ¿Has estado en algún país de Latinoamérica?
B: Sí, ya he estado en Perú. ¿Y tú?
A: Yo también/ Yo no

Diálogo B

A: ¿Has estado en algún país de Latinoamérica?
B: No, todavía no. ¿Y tú?
A: Yo tampoco/ Yo sí

- Você deve deixar os diálogos visíveis para eles se guiarem. Por outra parte estimule a seguir a conversa depois de praticar essa estrutura, por exemplo, no caso de ter visitado Peru, podem comentar como foi a viagem, etc. Tudo isso é em dupla, eu fico caminhando por toda a sala e escutando, se alguém fala errado o corrijo. Fica muito chato eles falar somente a parte das estruturas, insisto, estimule a seguir a conversa, esse deve ser o início, mas não o final.

Boas aulas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem ao ser recebida ficará aguardando aprovação. Volte em breve que terá resposta. Obrigada por participar do blog!