quarta-feira, 9 de julho de 2014

Dez conselhos úteis para o professor de espanhol como língua estrangeira

Olá colegas!

Depois de alguns anos de experiência no ensino de espanhol como língua estrangeira tenhos 10 humildes conselhos que podem auxiliar a aqueles que se iniciam nesta apaixonante profissão.

      1. A primeira impressão é a que fica: desafortunadamente os primeiros minutos que passamos com uma pessoa marcam e direcionam a opinião que ela terá de nós, provavelmente, durante muito tempo por isso, recomendo manter sempre uma atitude positiva e profissional. Tome cada início como um periodo de aprendizagem, veja cada escola como uma oportunidade não só de ensinar como de aprender. Meu refrão favorito é: A melhor forma de aprender é ensinando.

2. A empatia no primeiro dia de aula: é muito importante criar laços desde o primeiro minuto com nossos alunos, mas isso não é muito fácil. Para começar lembre que seus alunos estão nervosos, têm medo de errar e ser julgados. Geramente terão medo de falar e participar. Nossa missão e fazê-los sentir-se confortáveis, entre com um sorriso no rostro, leve atividades divertidas que os façam se sentir bem. Faça de cada aula um momento único e merecedor do tempo deles. Divirtam-se muito. A melhor forma de aprender é se divirtiendo.

      3. A pontualidade: O aluno brasileiro de forma geral não é muito pontual, acontece muito que chegam tarde à aula. Cada professor tem seu jeito, eu prefiro chegar no horário e sair no horário. Temos normas que cumprir e alunos a respeitar. Ser pontual é um ponto positivo que nos define como profissionais competentes. Pessoalmente sempre chego dez minutos antes para preparar os materiais, escrever aquilo que for necessário na lousa, preparar os vídeos, as músicas, etc. Em resumo, tento que tudo fique pronto para evitar qualquer contratempo.

       4. Uso correto do vestuário: colegas, o centro do trabalho deve ser respeitado, temos que vestir roupas apropriadas, evite decotes pronunciados, roupas curtas... Tampouco pode ir vestido como se estivesse em sua casa. Temos que ir penteados, com maquiagem e brincos discretos. Os homens devem ir com a barba feita, evitar chinelos, shorts... O vestuário também influencia na primeira impressão.

        5. Planejar a aula com antecipação: Você não pode ser rígido, mecânico nem memorizar um plano de aula como se fosse um roteiro de uma peça de teatro. Mas que preparar a aula, trata-se de se preparar para a aula. Pense em um conjunto de atividades que contribuam para alcançar um objetivo comum. Preparar-se para a aula transmite segurança, faz que seu aluno sinta que o professor é competente e que pode confiar nele. Planejar a aula ajuda a preencher lacunas e anticipar dificultades que possam surgir.

 6. Nosso objetivo é que o aluno aprenda: para o aluno é muito frustrante terminar um semestre e sentir que não pode se comunicar. Embora escrever seja muito importante as aulas deves estar direcionadas principalmente a se comunicar em diferentes contextos. Prepare atividades de convesação em duplas, estimule a conversa, faça que seu aluno sinta que aproveitou o semestre. Faça da suas aulas algo divertido, útil e variado. Isso garante a satifação e a rematrícula do aluno.

 7.  Ser ordenado: ser professional e competente é algo que está diretamente relacionado ao ordem. Você deve ter control da assistência, das atividades realizadas, das dificuldades de seus alunos, deve saber por qual parte ficou na aula anterior... Temos muitos grupos e alunos, ninguém tem memória suficiente para se lembrar de tudo, por isso, como já tenho falado em outras ocasiões faça da agenda seu melhor amigo.

8. Ser paciente: aprender um novo idioma é difícil e leva tempo. Cada aluno tem seu ritmo de aprendizagem e não podemos perder a paciência quando alguém não cumpre com nossas expectativas. Muitas vezes dizemos que o aluno é burro porque não aprende quando na verdade somos nós que não achamos a melhor forma de explicar. Nem todos aprendemos da mesma forma. Se você explica e não dá certo, mude a forma de explicar, busque outras alternativas. Seja paciente e nunca tente impor sua opinião sobre temas abordados na aula. Evite temas como política, aborto e religião.

      9.  A lição de casa: ninguém aprende assistindo duas vezes por semana uma ou duas horas de aula, porém muitos alunos não desejam fazer lição de casa. Você deve deixar isso bem claro, é 50 e 50, não depende só de nós, eles também são responsáveis por aprender. Se o aluno não quer fazer lição de casa respeite sua decisão, ficar no pé dele só vai fazer que ele desista, revise sim sempre a tarefa, temos que respeitar toda a turma.

 10.  Trabalho em equipe: muitos pensam que o professor não trabalha em equipe, erro garafal. Nós junto com os alunos formamos uma equipe e para alcançar o objetivo principal: que eles aprendam espanhol, devemos trabalhar juntos. Tente saber sempre a opinião deles, os gostos e como vão no difícil processo de aprender uma nova língua.

Espero que seja de ajuda.


Boas aulas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem ao ser recebida ficará aguardando aprovação. Volte em breve que terá resposta. Obrigada por participar do blog!